quinta-feira, 29 de outubro de 2015

De novo viajar...

Sabe que dia é amanhã? É SEEEEEEEEEXTA! A tão aguardada sexta pré-feriado... Tem dia mais lindo?! 

Aposto que você vai viajar! Pelo menos eu vou (de novo, olha que lindo *-*)!

Vida me deu a tarefa de fazer uma playlist pra gente escutar no carro enquanto pegamos a estrada e resolvi compartilhar com vocês algumas músicas que escolhi. Quem sabe alguma dessas não entra pra sua playlist pra viajar esse feriado? Vamos começar? Então dá uma olhada: 

Good trip - For Fun 


Ana e o Mar - O Teatro Mágico



Menina do céu - Menina do céu


Pump Up The Jam - Technotronic 


Titanium - David Guetta 


Aposto que não vai ter um segundo de tristeza daqui pra lá! E vocês? Vão viajar? Pra onde vão? Me conta aqui nos comentários! 
Até terça feira, meus amores! Sinto cheirinho de novidade pra próxima semana! 
Uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuum beijo, fiquem com Deus! 

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Melhor amigo, melhor namorado ♥

(Sugestão de música pra acompanhar o post: Poltergeist - Deftones)

"Parça, se eu tiver 30 anos e a gente estiver solteiro, você casa comigo?"
Estávamos bêbados, cantando Anitta num karaokê. A vida não estava aquele mar de rosas, mas eu estava com a pessoa que eu queria estar. Eu me sentia louca, não poderia sentir aquele turbilhão de coisas pelo meu melhor amigo. Mesmo sem perceber, fui me deixando levar. 
Já não era daquele dia que esses sentimentos habitavam o meu ser. A vontade de sempre estar perto, o desejo de sempre querer que aconteça o melhor pra ele. 
Os dias se passavam e a vontade de vê-lo era infinitamente maior. E, junto dessa vontade, sempre tinha aquela ansiedade do encontro, do abraço apertado que nunca se acabava, do carinho, das gargalhadas mais gostosas e de uma paz inexplicável... 


Aquele dia realmente já estava escrito pra mudar a minha vida. Cinco meses de convivência, segredos trocados, sorrisos, lágrimas, desesperos, alegrias e tudo mais que passamos... Começamos a perceber que daquela grande amizade, surgiu um grande amor... E que aquele grande amor não poderia mais ficar somente nos nossos melhores sonhos. 

 
Uma vez, vendo o DVD da Adele, ela disse assim: "Então, todos que estão aqui e estão apaixonados, que estão apaixonados por um amigo e ainda não contaram, digam logo, não percam tempo!". 
Agradeço todos os dias por ter te conhecido. Agradeço mais ainda por ser a pessoa que é pra mim. Agradeço infinitamente, por cada abraço de urso, por cada cerveja, por cada sorriso... E mais ainda, por fazer da minha vida mais colorida! Eu te amo, melhor amigo... Melhor namorado! ♥


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Querida eu mesma...

Algum tempo se passou desde que conversamos pela ultima vez, Mel. Tanta coisa aconteceu em tão pouco tempo e tem algumas coisas que eu queria lhe parabenizar. 
Sabe aquela auto estima que você não tinha?! Que fazia com que você quisesse ser apenas mais uma das meninas legais da faculdade e não conseguia?! Eu vou te contar o porque disso. 
As pessoas são todas únicas. Não existe uma pessoa 100% igual a você. E você não tem que se sentir inferior a ninguém por isso. Você é legal do seu jeito. Você é uma menina incrível. E tem gente que faz você se lembrar disso todos os dias. Mas, tem algumas coisas que você só aprendeu depois de muita porrada na cara. Eu vou te contar, viu?! Como diz seu melhor amigo, se não tivesse acontecido tudo o que te aconteceu, você não teria aprendido nada disso e não poderia aconselhar ninguém como você faz. Sabe do que eu to falando? Eu to falando de maturidade. 

Mamãe sempre disse que maturidade é quando a gente consegue discernir o que é certo ou errado e não fazer as coisas que são erradas. Hoje, depois do tanto que eu vi o que você mudou, eu te falo. Maturidade é muito mais do que isso. É saber qual é o seu limite. É saber respeitar suas vontades e não machucar ninguém quando as suas vontades dependem também de outra pessoa. 

Aprender isso da forma com que você aprendeu também, eu vou te contar, doeu demais. Um relacionamento abusivo, hoje posso te dizer. E eu vou deixar aqui pra todo mundo que quiser saber. A gente só precisa de uma pessoa pra ser feliz. Essa pessoa é aquela que você vê quando se olha no espelho. A gente não precisa de ninguém pra nos completar. Todos nós somos completos. Pessoas aparecem na nossa vida pra nos transbordar. Não é papo de gente sozinha não, Mel. É papo de gente bem resolvida. E isso, posso te falar com segurança. Hoje você é. De tudo o que o relacionamento ruim te deixou, foram as grandes conquistas. A conquista da liberdade, a conquista do auto conhecimento. E a maturidade.

Mel, hoje eu te falo, gatinha. Você conseguiu muito se livrando do seu passado. 
Eu ainda não sei como falar o que é um relacionamento abusivo e o porque a gente cresce depois que sai disso. Eu sei que a gente vê que se sujeitou a tanta coisa que não era certa, por medo de perder a pessoa que amamos (mas, a gente não perde, porque a pessoa que a gente deve amar primeiro é sempre nós mesmos). A gente vê que a gente não precisa ser capacho de ninguém. 

Continue crescendo, meu bem! Continue nesse caminho lindo que você tá. Tá no caminho certo. 

Beijão 

Eu te amo e morro de orgulho de você! 


sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Look do dia: Conjuntinho preto.

Oi oi meus amores! Tudo bem com vocês?

Hoje eu só passei aqui no bloguinho pra poder deixar pra vocês mais uma inspiração de look pra mais tarde.
Tá calor pra caramba, né gente!? Nada melhor do que sair toda fresquinha por aí. Por isso escolhi esse conjuntinho super levinho, fresquinho e lindo! Comprei na Riachuelo, não lembro quando... Mas confesso que usava pouco. Mas, com o calor que está aqui em BH... Vou usar é todo dia... hahahahaha
Dá uma olhada aí

Eu fiquei vesga nessa foto, mas abstrai isso aí! rsrs 

Sabe quando você vê uma pessoa que não queria? É o motivo da cara na foto. 

Então meus amores, esse é o post de hoje. Espero que tenham gostado! 
Uuuuuuuuuuuuuuuuuuum beijo, fiquem com Deus e até a próxima! 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

RESENHA: Eu não sei lidar - Lucas Silveira

Sabe quando você tem uma banda preferida da vida e descobre que seria lançado um livro com as histórias por trás das musicas que você mais ama? Pois é, aconteceu isso comigo.
Acho que não é novidade pra ninguém que eu sou loucamente apaixonada pela banda Fresno, né?
Então...

Em maio de 2015 foi lançado o livro "Eu não sei lidar", onde o meu amor mais lindo da vida Lucas Silveira explica, com sentimentos idênticos aos quais eu tenho quando escuto cada musica, o porquê, ou os por quês de cada canção escrita por ele.
Cabe lembrar que, pra uma banda que tem... Sei lá quantas musicas... Não tem como fazer um livro com todas elas. Mas, são as musicas que marcam muito cada momento da banda.

Quando abri o livro, dei de cara com uma orelha em que me diz muito da pessoa Lucas, ao qual também me identifico muito:

" A incapacidade de lidar. Eis aqui, explícito no título do livro, um dos combustíveis mais poderosos para transformar a própria existência em algo bem maior e mais universal que dramas pessoais ou segredos guardados dentro de um caderno esquecido em uma gaveta qualquer. Não saber lidar. Eis uma característica marcante de Lucas Silveira. Que talvez só não seja maior do que o seu desejo de compartilhar.
Em seu conjunto, este livro é uma espécie de farol, só que, ao invés de marcar o ponto de chegada, é concebido para iluminar o que ficou pra trás. É por isso que ele revela não apenas "a história" escondida nos versos de cada canção, mas também o que liga cada uma delas e i que faz deste conjunto uma obra inteira, uma narrativa musicada de memórias fragmentadas.
Aqui, cada canção funciona como um ponto luminoso. A cada página essa luz vai desvelando algo inesperado. Relatos do universo da musica e sua trajetória profissional de repente se misturam com lembranças da vida pessoal, da infância, e desembocam em momentos que geraram grandes histórias. E aos poucos é possível ver formar-se um caminho."

A arte de não saber lidar, consigo, com seus sentimentos, com suas escolhas, com esse grande e longo caminho chamado vida.

Com 156 páginas preenchidas de um sentimento que só sendo muito Lucas Silveira pra poder escrever de forma tão densa e ao mesmo tempo tão simples. Simplesmente, achei perfeito, do início ao fim.

Vou deixar aqui as musicas que compõem os 16 capítulos deste livro:


1 - Cada poça dessa rua tem um pouco de minhas lágrimas: 


2 - O resto é nada mais (o sonho de um visconde)

3 - Stonehenge 

4 - Sutjeska/ Farol

5 - Eu sou a maré viva

6 - Manifesto

7 - Infância

8 - Vida (biografia em ré menor)

9 - A gente morre sozinho

10 - Não leve a mal 

11 - Duas lágrimas 

12 - Sono profundo 

13 - Soneto para Petr Cech 

14 - Milonga 

15 - Verdades que tanto guardei 

16 - A resposta 
  

Então meus amores, este é o post de hoje, espero que gostem!
Uuuuuuuuuuuuuum beijo e até a próxima!

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Look do dia: vestidinho anos 60 super sexy!

Oi oi meus amores! Tudo bom com vocês?
Hoje eu estou aqui pra trazer uma proposta diferente pra vocês. Quem me acompanha no facebook, sabe que eu fiz um  ensaio pra Nay, do Clicks da Nay. De uma parte desse ensaio saiu, finalmente, minha mais secreta vontade de fazer look do dia pra vocês.
O look que eu vou trazer hoje é um vestidinho inspirado nos anos 60... Com uma pegada mais sexy!
Nos anos 60 os vestidos usados eram mais ou menos assim:

As estampas de poá, vestidos acinturados e comportados sempre fizeram a cabeça da mulherada naquela época.


Um belo dia, dona Melissa, que vos escreve, foi convidada para uma festa inspirada nos tempos da brilhantina. Lá fui eu procurar por aí um vestido que eu pudesse comprar e que não perdesse depois que a festa acabasse. Até porque, eu não tenho grana pra poder ficar comprando uma roupa que eu pudesse usar somente uma vez, né!?!
Fui lá na Feira Shop (aqui em BH, tem muitas dessas feiras) e achei um vestidinho lindo, inspirado nos vestidos de época, porém repaginado. Ao invés de estampa de poá, tivemos estampa de corações. Vestido acinturadinho, porém... Com um decote enorme, que vai até o umbigo, olha:




O look fica legal tanto com salto, como com sapatilha. E acessórios como os óculos de coração, só fazem o look ficar mais romântico e fofinho. Quando for usar esse vestido em dias de frio, jaquetas de couro são as mais indicadas!
Aaaah, eu comprei o vestido na Feira Shop por 59,90. As sandálias de salto são Spatifilus e a sapatilhas são Beira Rio. Os óculos são xing ling mesmo, comprados na feira (haha)

Então, por hoje é isso meus amores! Espero que tenham gostado! Fiquem ligadinhos que eu vou fazer mais vezes esse tipo de post!

Uuuuuuuuuuuuuuuuuuuuum beijo, fiquem com Deus e até a próxima!

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

O ciclo da vida

"É o ciclo sem fim que nos guiará 
A dor e a emoção, pela fé e o amor 
Até encontrar o nosso caminho 
Neste ciclo, neste ciclo sem fim"



Mais um ciclo se fechando! Obrigada, meu Deus! E obrigada a vocês, meus amores que me acompanham! Vem que vem 25 anos! 

Spoiler do ensaio que eu fiz com a Nay!