sexta-feira, 27 de março de 2015

5 motivos pra assumir os cachos

Gatinha, já te falaram que teu cabelo é lindo do jeito que Papai do céu te deu? NÃO?! Mas geeeente!
Essa semana eu resolvi, de uma vez por todas, que eu não queria mais aquele cabelo sem graça que ele tava. Eu nunca reclamei do meu cabelo, mas eu tava cansada daquele trem sem forma sabe? Vou mostrar pra vocês a jubinha:

Crazy hair

Aí você me pergunta... Mel, ele tem química? Sabe qual é a resposta? NÃO!
Na verdade ele tem vida própria. Essa é a grande birra que eu tenho com ele e, por não ter muito tempo pra poder fazer meu cachos se definirem... Eu preferia passar a chapinha! Maaaaaaaaaaas... vamos pros 5 motivos pra ter aquele cacheado divo sem neuras e sem vergonha?!

1- Você não precisa correr de água

Quantas milhões de vezes você teve que abrir a sombrinha naquela chuva diva só porque seu cabelo tava lisinho de chapinha? Eu já fiz isso um milhão de vezes! Maaaaas, estando com o seu cabelo natural, você não precisa fazer nada disso e ainda pode sair por aí cantarolando Vanessa da Mata enquanto toma aqueeeeele banho de chuva revigorante .

Ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai aaaaaaaaaai


2- O volume passa a ser seu amigo

Cabelo liso e volumoso? Geente do céu, essas duas coisas não combinam muito né? Pelo menos pra mim, eu não achava nem um pouquinho legal... MAAAAAAS... meus cachinhos, lindos, armados ao vento... Quase entro em um clipe da Beyoncé e me sinto tão diva quanto!



3- Seu cabelo é único

mesmo tendo 4 tipos de cachos no mundo, seu cabelo sempre vai ser único. Até porque ele sempre vai acordar de um jeito diferente né?! Não podemos esquecer que essas molinhas lindas têm vida própria e vão sempre te surpreender.

S-O-N-H-O

4- Adeus horas de salão

"Alô?! É do salão?! Tem horário pra uma chapinha?!" Esse não vai ser mais o motivo pra você ir visitar sua amiga cabeleireira. Claro que não vamos deixar de ir ao salão cuidar das nossas madeixas... mas, um corte e uma hidratação não vão gastar tanto o nosso tempo igual a chapinha (que não é mais) nossa de cada dia, não é mesmo!? 

5- Sinônimo de atitude

Sabe aquela frase: "Em terra de chapinha, quem tem cachos é rainha"?! É bem assim mesmo! 

E se você ainda acha que não tem motivos pra poder gostar dos seus caracóis, dá uma olhada nessa mini diva: 


Então meus amores... por hoje é só! Aproveita que hoje é sexta feira e se joga! Você é diva do jeitinho que Deus lhe fez! 

Beeeeeeeeeeeeeeijos de luz! 


terça-feira, 24 de março de 2015

Musica do dia: Anahi - Para Qué

E tem aqueles dias que a gente só consegue colocar uma musica dessas na playlist e implorar pra ninguém mexer com a gente pra não ter que tirar os fones!



"Para qué?

Te engañas si pretendes

Que se me olvide lo intenso que fue seguir

Con esta vida sin ti

díme

Para qué?



sexta-feira, 20 de março de 2015

20/03: Dia do blogueiro

Meus amoooores! Tudo bom?
Olha que coisa mais liiinda! Eu nem sabia que eu tinha um dia inteeeeeiro só pra minha paixão de blogar, blogar e blogar! então, eu vou deixar aqui pra vocês a minha pequena grande homenagem para esse dia tão especial e dizer que na semana que vem teremos vídeo novo no canal! (pensou que eu ia abandonar vocês né?)

Uuuuuuum beijo e até a próxima!



quinta-feira, 19 de março de 2015

Musica do dia: Lady Gaga - Telephone ft. Beyoncé

Porque hoje eu acordei assim...! Preparando pro final de semana que mais promete!



"Not that I don't like you, I'.m just at a party

And I am sick and tired of my phone r-ringing

Sometimes I fell like I live in grand central station

Tonight I'm not taking no call's 'cause i'll be dancing"













Beeeeeijos de luz amores!

quarta-feira, 18 de março de 2015

Musica do dia: Fim de tarde

Sabe aquela musica que te dá a paz que você precisa pra poder passar pelo pior dia da sua vida? Então!



"Falar no pé do teu ouvido, menina fique aqui comigo, me deixe mimar você"










quarta-feira, 11 de março de 2015

NOVIDADE DO DIA: Nossa Colunista se Casou!

É isso mesmo meus amores... Sabe a nossa linda Alice? Ela se casou hoje e eu to meeeeega feliz!

Vidinha, que Deus abençoe grandemente o seu casamento e que Ele te dê a sabedoria necessária pra que cada dia vivido seja uma experiência inigualável! E, claro, que Ele também te dê muita paciência pra você não matar meu cunhado antes de eu conhecê-lo! HAHAHAHAHAH

Pra quem não conhece a Alice, dá uma olhadinha aí no blog que você vai ver o quanto ela é indispensável na minha vida e aí vocês vão saber a felicidade infinita que eu to sentindo por ver um sorriso de orelha a orelha da minha pequena!

Oficialmente Sr. & Sra. Paiva Moreira

Parabéns meus nenis! Amo vocês ♥

domingo, 8 de março de 2015

TAG: Carta pra mim aos 14 anos

“Querida eu mesma,

10 anos se passaram e eu tenho visto o quanto você é uma menina ainda. Você tem 14 anos e ainda não sabe nem o que é um beijo na boca... Poxa, é difícil te falar isso, mas você vai ter preferido esperar mais um pouco. Hoje eu vejo que a gente não tava preparada. Mas vão acontecer coisas bem legais, você vai ver.
Você já conheceu o F., e sabe que ele é super bacana. Ele vai ser bem legal com você, por todo o tempo que ele estiver na sua vida, não te preocupa. Mas, se eu pudesse te dar um conselho, eu só diria pra ter mais cuidado com as pessoas que você conheceu por conta do F. Essas pessoas vão te fazer sofrer bastante. Mas, com certeza, você vai dar a volta por cima, como você sempre fez!
Você vai passar por momentos muito difíceis por conta de fofoquinhas na escola. Mas, também não precisa te preocupar, você vai ser bem maior que isso e vai conseguir encontrar no meio de toda essa turbulência suas verdadeiras amizades. E, são essas pessoas que vão estar muito contigo até hoje. Então, te agradeço por cada carta que você fez durante a aula de história pra poder entregar a essas pessoas no intervalo.
Você vai ver que algumas pessoas que falaram que nunca te abandonariam vão se afastar com uma velocidade incrível e você vai estar totalmente sozinha num colégio estranho. Não tão estranho, porque nessas andanças nossa de colégio, a gente já passou por ele, mas todas as pessoas que a gente conhecia não vão estar mais lá. Nesse colégio a gente vai aprender a ser querida por muitos e odiada por alguns. Mas, entre mortos e feridos, todos se salvaram e a gente vai voltar pra um lugar onde a gente não quer e a gente vai encontrar pessoas que a gente preferiria deixar no passado.
Você vai viajar e encontrar pessoas que você só conhece pela internet ainda. Vai se apaixonar por essa pessoa. E vai cometer a maior loucura e o maior erro da sua vida.
Sabe o que acontece depois disso? Você fica bem. Sim, você sempre fica bem!
A gente vai começar a trabalhar numa empresa legal demais. A gente vai descobrir o que é cerveja e vai gostar. A gente vai descobrir o que é cigarro e, acredite, a gente vai ficar nesse inferno um tempão. A gente vai virar noites e noites na balada. A gente vai pisar na bola com pessoas que a gente talvez não precisasse pisar na bola. A gente vai passar em um monte de vestibular, mas a gente vai fazer uma faculdade federal. FEDERAL Mel, a gente sempre quis isso.
A gente vai passar por mais problemas com a mamãe. A gente vai perder contato com a família.
A gente vai namorar algumas vezes e em uma dessas vezes a gente vai sair sem a dignidade. Quer dizer, a gente vai precisar sair de casa pra poder ir pra um psiquiatra. A gente vai tomar remédio por muito tempo. Engordar muito por isso também!
A mamãe vai fazer uma cirurgia que vai fazer com que ela te olhe com um desprezo muito grande. Mas a gente ta feliz do jeito que a gente ta, então é isso que importa e não precisa ficar triste quando ela falar alguma coisa.
Hoje, dia 08 de março, passa mais um dia da mulher e eu tenho pra te falar pequena... Que você, com seus 14 aninhos e inocente de tudo... Você vai se tornar uma mulher maravilhosa. Que sabe o que quer e como quer. Você vai saber o que e quem realmente importa estar do seu lado.
Se eu pudesse te encontrar, com tudo o que eu vivi e tudo o que eu aprendi... Não falaria pra você fazer nada de diferente, porque senão eu não estaria aqui te escrevendo isso... Mas te abraçaria forte e te diria com toda a certeza do mundo... VOCÊ É MUITO MAIS FORTE DO QUE VOCÊ PODE IMAGINAR. Se mantenha firme, seja sempre quem você é, isso sempre ajudou muito a gente.
Não se importe com a opinião dos outros, só você sabe o que ta passando aí/aqui dentro e só você pode se julgar. E cuidado. As pessoas são maldosas.


Te amo! Feliz dia da MULHER. Você é uma mulher incrível gatinha!”




E você... o que diria pra você mesma depois que se passaram 10 anos? 
08 de março, dia internacional da mulher

sábado, 7 de março de 2015

A musica do meu sábado

Sabe quando você ouve uma musica e quer sair por aí dançando descontroladamente?! 
Ou quando você escuta essa musica no foninho e tá no meio da rua, mas seu corpo não responde e sai por aí no ritmo da musica?
Então escuta essa aí! 
Beeeeijos e bom sábado! 



sexta-feira, 6 de março de 2015

#InLovem Zaxy ♥ By: Alice

Oi,  queridos.. Tudo Okay?
Então, o post dessa semana é um amorzinho só, fala de uma coleção que ando morrendo de amores que é a coleção Zaxy City da Zaxy.
Sou mega suspeita falar da Zaxy mas gente, tem como não amar as coleções que ela lança ♥

Bora ver os modelos?





segunda-feira, 2 de março de 2015

Vencendo a mania de arrancar os cabelos

Era tarde da madrugada. Eu já não sabia mais o porque eu estava nervosa... E não tinha nada melhor nesse mundo pra me acalmar do que achar aquele fio de cabelo que aguentava ser puxado e arrancado sem que eu sentisse dor.
Mas aí, eu comecei a ver que eu não sentia dor em nenhum dos fios que tinham na minha cabeça. Tá, não vou mentir. Alguns doíam, mas, era aquela dor gostosa... Que fazia com que eu não ficasse nervosa mais.
Todo mundo tem uma mania quando tá nervoso. Ri, chora, grita, esperneia... Eu arrancava cabelo.
Tá, todo mundo vai pensar que cabelo cresce de novo e que cristão nenhum no mundo consegue arrancar o cabelo todo que tem na cabeça.

Realmente, eu não consigo arrancar todo o cabelo que eu tenho, mas, em menos de 3 meses... Eu consegui quase diminuir pela metade os fios que tinham aqui... Até que um belo dia (belo não, porque eu tava brigando com meu namorado)... O senhor meu lindo me fala que ou eu parava com essa mania horrorosa, ou ele terminava comigo...
Entrei em pânico! A gente já tá junto há quase 3 anos... Não podia deixar que isso acontecesse... E foi aí que eu comecei a cuidar mais disso.
Antidepressivos, ansiolíticos e blá, blá, blá. Já tava até preparada a ouvir o que o Dr. Psiquiatra falaria e ele me deu duas opções. Ou eu tomava remédio (que aí eu teria que parar de fazer um monte de coisa que eu gosto, do tipo sentar na mesa com os meus amigos em dias quentes e tomar aquela gelada) ou eu fazia exercícios físicos.

EXERCÍCIO, POR FAVOOOOOR! Mas, igual ele mesmo disse, não pode ser aquela caminhadinha segurando o celular e conversando com os outros. Tinha que ser aquela pra cansar corpo e mente. Aquela que você faz e tem que deitar na cama e dormir até seu corpo começar a doer, de tanto que você descansou. Esse era o tipo de exercício que eu tinha que fazer.

Pois bem! Comecei tentando ir até o serviço e voltar de lá de bicicleta. Resultado? Caí, bati a cabeça e fiquei quase dois dias fazendo uma série de exames pra ver se eu não tinha fraturado nada. E desmaiar já tinha acontecido um bilhão de vezes (e quem me salvou de novo foi o anjo do meu namorado).

Daí, pensei em fazer diferente. Vou pro serviço a pé. Não é tão longe e, no final do dia, eu teria feito uma caminhada de 14 quilômetros. Era uma coisa a se considerar, se não fosse a preguiça que eu tinha de acordar cedo pra poder fazer uma caminhada em pleno sol de meio dia. Plano descartado.

Pensei em voltar pra luta. É uma coisa que eu gosto de fazer. Que me desliga do mundo e me deixa extremamente cansada. Mas, depois de uma lesão séria na coluna, igual eu tive em 2014. Preferi esperar mais um pouco até que eu não sinta mais nenhuma dor e depois da minha coluna parar de travar (porque ir daqui de casa até o Sushi já faz eu querer que meu pai me busque de tanta dor que eu sinto).

E aí, eu conheci um serzinho que me fez milagres. Todos os dias, quando eu acordo (eu to de férias, então eu acordo tarde) ele vem e pula na minha cama, como se falasse... Tia, vamo passear, já passou da hora de você sair da cama! E aí eu levanto, tomo meu café e vou brincar com ele. E não é brincar de jogar a bolinha pra ele e ele ir pegar. É brincar de dar um bilhão de voltas na minha casa com esse pestinha correndo atrás de mim e quando eu paro ele olha como aqueles que dizem "epa, parou porque?"

Daí, tem 3 semanas que eu não arranco nenhum fio de cabelo da cabeça... E eu só tenho a agradecer ao bolinha de pelo mais chato e mais lindo do universo!